"Sou meio como um mosquito num campo de nudismo; sei o que quero fazer, mas não sei por onde começar." - Stephen Bayne





segunda-feira, 29 de março de 2010

Ponto de Vista

Tentei dizer palavras de tristeza, mas não consegui. Tentei dizer que minha vida não era perfeita, mas não consegui. Tentei dizer que as cores não faziam de mim mas feliz, mas não consegui. Tentei não rir sobre o céu tão azul, mas foi impossível o fazer... Não consegui dizer as estrelas que elas me traziam solidão, pois o contrário era o que prevalecia - todos os dias. Não consegui dizer que a vida é muito difícil, pois eu tenho tudo ao meu alcance.

Tentei fingir lagrimas, tentei fingir a dor, tentei inventar na minha cabeça - ou no coração - alguma coisa que me trouxesse lembranças mais escuras. Tentei pensar em coisas ruins para não voar, mas de repente me vi flutuando em cima de nuvens brancas. Tentei esquecer que ontem estive em êxtase, mas não consegui parar de lembrar das risadas intermináveis.

De repente, me vi rindo sozinha, deitada na cama, como se nada no mundo importasse pros meus sonhos... como se nada no mundo fizesse sentido se minha vida fosse em preto e branco. Mas mudou: me vi deitada em seus braços, mais coloridos ainda, seu lábios rosados e sua pele do jeito que eu sempre sonhei. Eu não estava sonhando, era tudo realidade, percebi que eu faço a minha felicidade, percebi que minha vida depende da minha determinação.

Percebi que eu não sou nada sem as minhas proprias escolhas.

Percebi que hoje eu vou ser feliz, e que se exploda o lado ruim da vida, é tudo questão de ponto de vista.

3 comentários:

janiny disse...

"Percebi que eu não sou nada sem as minhas proprias escolhas".
toda certeza do mundo!
precisava ler um texto desses hojeee!
me sentindo muito melhoor
Obrigadaa por tudoooo
beeijos

Bruna disse...

amei amei amei, esse texto faz qualquer um se sentir tão bem ! muito bom mesmo amiga
beeijinhosss

janiny disse...

quero post
to precisandoooo!
beeijos
to lendo os antigoos
hhehehe