"Sou meio como um mosquito num campo de nudismo; sei o que quero fazer, mas não sei por onde começar." - Stephen Bayne





sexta-feira, 15 de outubro de 2010

nothing last forever but be honest babe, we can break everything

Pernas e poses e apelos se confudem novamente.
Mas agora, somos nós dois, só nós dois.
Nem a solidão vem nos acompanhar,
nem a raiva,
nem a comodidade,
nem a rotina.

Agora, somos só nós dois,
em formato de poesia,
fugindo do clichê,
debaixo do cobertor.
Somos só nós dois,
eu olhando
você olhando
meu sorriso
por saber
que você está olhando
(e fico sem graça).

Agora, somos nós dois,
sem o medo,
sem a ilusão,
somente o destino
a minha linha do tempo
onde os acontecimentos são pedaços do nosso amor
onde os fatos só se concretizam diante da nossa magia
a magia que não acabou.

Agora, somos nós dois,
na eternidade
na sinceridade
na verdade que faltou
de te dizer
todos os dias
a cada segundo

que te amo.
(mais do que tudo nesse mundo)

2 comentários:

janiny disse...

lindo,lindo,lindo!
sou apaixoanda por todoos esses textos!
desculpa a demora,mas esses dias tava corrido!
mas nunca esqueci o blog viu?
amoo demais
bjus

Daniella Fleury disse...

perfeito!