"Sou meio como um mosquito num campo de nudismo; sei o que quero fazer, mas não sei por onde começar." - Stephen Bayne





terça-feira, 26 de junho de 2012

porque não sou o que queria ser

E se eu fosse indiferente
como quem não se importa com seus beijos
como quem não tem apenas um medo
como quem não quer nem sequer um desejo
Se eu fosse o que não sou
e você fosse quem não foi
talvez eu sorrisse sinceramente
e comemorasse alegremente
com honestidade
a tua ausência
mas não...
me desculpe por mentir
por enganar meu coração
disfarçar a minha dor
e contestar a minha raiva
eu nunca te esqueci
e só sei disso
porque cada palavra tua
ainda faz minhas pernas balançarem
meu coração palpitar
minha boca tremer
e meus olhos chorar.

Um comentário:

Janiny Holanda disse...

Desculpa a ausência, mas jamais vou abandonar aqui!!
lindo lindo palavras belíssimas e bem delicado amo tudo aqui