"Sou meio como um mosquito num campo de nudismo; sei o que quero fazer, mas não sei por onde começar." - Stephen Bayne





sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Depois de você...

Acordei ontem nos teus braços, com a sensação de que meus pesadelos foram acalmados pelo teu carinho. Depois dos pezares, achei que o amor existisse em vão, e que minhas paixões estariam sepultadas na terra das desilusões, mas ai você apareceu. Achei que meus pesadelos seriam eternamente intensificados, e que a magia dos 3 anos de paixão realmente se acabava depois de 3 anos. Você me fez perceber que existe a impossibilidade dessa magia acabar, que ela perdura no mínimo uma vida inteira. Antes de você, eu procurava minha metade, e agora percebi que ninguém é capaz de completar ninguem, eu sou minha propria metade, você simplesmente me lembra do melhor que existe dentro de mim... Acordei ontem nos seus braços querendo acordar nos seus braços todos os dias. Dividir os cabelos brancos no travesseiro e contar histórias de verões passados pros nossos posteriores. Me deu vontade de encostar no teu peito e pedir ao destino pra que não tire teu coração do meu caminho, pois é ele que ilumina meus passos... Me deu vontade de agradecer à vida pelo melhor presente que poderia me dar, o maior amor que poderia existir... Você me fez enxergar meus defeitos, pra cada dia tentar consertá-los, pra que eu consiga fazer você sorrir como ninguém nunca fez.... amor é isso.
Depois de você, os outros NÃO são só os outros, os outros simplesmente não existem...

Um comentário:

janiny disse...

que lindoooo
essa é a declaração mais perfeita!!
só vc me consegue fazer chorar,com essas palavraaaas
bjuus