"Sou meio como um mosquito num campo de nudismo; sei o que quero fazer, mas não sei por onde começar." - Stephen Bayne





terça-feira, 24 de agosto de 2010

Só nós dois

Minha cabeça encostada na janela, sua cabeça encostada no meu peito, debruçada de paixão.
O Sol que brilha não brilha mais que seu olhar, ainda que de olhos fechados... a luz do teu sorriso enaltece a tarde fria e glorifica nossa felicidade por estarmos juntos.
Não há riqueza, luxo ou superficialidade. É tudo transparente e colorido. Tão nosso, só nós.
Como se nosso amor fosse capaz de preencher qualquer vazio existente, qualquer medo persistente, qualquer dúvida insistente.
É como se nosso amor fosse a fonte de luz do Sol, como se nós dois pudéssemos curar o mundo de todas as dores...
Mas enquanto não curamos, apenas deite sua cabeça no meu peito com desejo de sorrir meu sorriso, pra sempre. Porque o que chamamos de amor está estampado no meu rosto quando eu olho nos seus olhos.

3 comentários:

raphael disse...

Mais um texto perfeito minha linda!
Te amo.

janiny disse...

Perfeeeitoo!
amei o novo formato do blog..
não abandonaa aqui nunca
morro de saudades!
bjuus

Karina disse...

PEEEEEEEEEEERFEITO!
amei as cores novas e a foto! vc ta maravilhosa!
beijo