"Sou meio como um mosquito num campo de nudismo; sei o que quero fazer, mas não sei por onde começar." - Stephen Bayne





sexta-feira, 14 de maio de 2010

Nós somos muito pra vocês

Bom, essa poesia tem uma historinha, eu a escrevi, mas os pensamentos não são meus (calma, não é psicografia - é quase isso haha). Em homenagem a 3 amigas maravilhosas que estão fazendo desse meu começo de ano o melhor de todos (as calouras mais lindas da puc):



Deslizo o lápis no papel
Deixando a minha marca
Como a sua em mim
Como suas palavras na minha pele

As coisas jã não fluem com facilidade
Queria eu deslizar sobre o amor
Queria eu marcar minha paixão
Mas você continua de olhos fechados
achando que o amor não é mais que ilusão

Botei o preto no branco
Deixei na cara a tapa o meu amor, meu amor
Pra enxergar reticencias tão vazias
Então virei as costas
pra você não me ver.

Fiquei confusa com tantos amores,
desamores, inconsequencias, imaturidade,
e tanta distância de mim,
tudo muito pouco pra mim
MUITO pouco

Mas quem perde é você
Mas quem perde são vocês
E eu cresço
em cima da sua ingenuidade
em cima da sua imaturidade
se perdendo em mares de incompetências
de amores deslumbrantes
de desamores ilusórios
de uma vida sem nós.

4 comentários:

janiny disse...

owwwn..
homenagem maravilhooosaaaaaa
não esqueço aquela homenagem que vc fez pra euuu!
voce é TUDOO
adoroo muito
beeijos

Rai Cantisano disse...

Você é maravilhosa. Não é só o seu começo de ano que está sendo o melhor de todos. Brigada Carol, por ter aparecido na minha vida.

Daniella Fleury disse...

LINDA, MARAVILHOSA...
vc tem esse dom de escrever oq as pessoas sentem =)

Bruna disse...

que coisa mais lindaaaaaaaaaa !!ameeeeeei meu amoorr, voce escreve maravilhosamente beeem