"Sou meio como um mosquito num campo de nudismo; sei o que quero fazer, mas não sei por onde começar." - Stephen Bayne





quarta-feira, 12 de maio de 2010

Quarto ao Lado

Fecha os olhos e escute comigo o som do amor...
tire o relógio e divida comigo o que não tem fim.
Viveremos um conto de fadas,
nossas mãos atadas,
suando paixão.
Eu aperto as suas costas com tesão,
nossos sentimentos se conflituando no chão,
no chão do quarto ao lado...
Escute, então, o som do nosso amor,
ecoando nas paredes de êxtase,
ultrapassando as barreiras da eternidade,
metaforizando uma entrega sem fim.
Quem me dera,
no auge do meu viver,
fazer do auge mais auge,
por simplesmente amar você.
Quem me dera, você ficar comigo, hoje, hoje...
e até meu último suspiro,
que suspirarei por você,
no quarto ao lado,
ou em qualquer lugar....

3 comentários:

Bruna disse...

MARAVILHOSO.
Quem me dera,
no auge do meu viver,
fazer do auge mais auge,
por simplesmente amar você.

LINDOOOOOOOOOOOO !!

janiny disse...

"Quem me dera, você ficar comigo, hoje, hoje..."
aiii esses seus textos acabaam comigoo
hahahahahaha
Lindooooo demais

Daniella Fleury disse...

eu bem entendi tudo hihi
lindo o texto, esse eu nao tinha lido..