"Sou meio como um mosquito num campo de nudismo; sei o que quero fazer, mas não sei por onde começar." - Stephen Bayne





domingo, 2 de maio de 2010

Pagando as contas.

paguei minhas dividas, e esqueci de te dizer que tua vida me devia uma coisa
esqueci de dizer que tua incapacidade de viver me devia uma divida
esqueci de te dizer.

nao consigo me contentar com a sua indiferença
seus dedos engordurados de desinteresse
suas mãos secas de imaturidade
sua vida na inercia de uma desilusão

as arvores rezam por você como uma devoção espiritual
a natureza preza pela sua beleza, mas voce nao preza por nada.
a vida te dá tudo, e voce nega a sua exatidão, nega seu talento
você nega tudo, a todos, a mim, a você mesmo...

descrever sua inutilidade é o fazer do meu dia
é meu contentamento diante do seu descontar
é a minha fisica diante da sua ausencia de pensamento
é a inexperiencia diante dos seus poucos feitos
descrever sua inutilidade é facil como dois mais dois
é facil como resolver uma questão de gramática
(para mim)
é facil como respirar.

vamos ver se o outro enxerga minha bebedeira
se os meros 7 chopps fazem de mim diferente
se a vida cala meus feitos inuteis
tornando-me inutil ao seu nivel de inutilidade....
igualando-me a sua idiotice genetica,cronica,contagiosa
suas dividas....

eu paguei minhas dividas, mas esqueci de te dizer que voce tinha uma comigo
você devia ter me amado
e se o tivesse feito, eu te prezaria das minhas dolorosas e verdadeiras palavras.
quem mandou ser vitima da minha sinceridade?
quem mandou ser vitima do meu amor?


eu falei que era contagioso....

2 comentários:

janiny disse...

Volteeeei!!!
que saudades que eu tava do blog,mas agora tudo vai voltar ao normaal
quando volto ja começo a ler um texto desses maravilhosos seeeus
vou nem comentar,apenas "apreciaar"
beijos da fã

Breno disse...

eu sou o seu leitor numero 1. na boa, você manda muuito bem Abusada. haahahahaa Parabens e continue escrevendo pra eu continuar lendo e me inspirando. ;)